Põe-me como selo sobre o teu coração, como selo sobre o teu braço, porque o amor é forte como a morte, e duro como a sepultura o ciúme; as suas brasas são brasas de fogo, com veementes labaredas. As muitas águas não podem apagar este amor, nem os rios afogá-lo; ainda que alguém desse todos os bens de sua casa pelo amor, certamente o desprezariam (Ct 8: 6-7; Fiel).

domingo, 20 de fevereiro de 2011

Porque é teu aniversário, ó del mio dolce ardor...

Dava aula de literatura num curso noturno em Brasília, quando tive a idéia de mostrar aos alunos, pela música, as mais diferentes escolas que estudávamos: clássico, barroco, romântico e moderno.    


"É possível?", perguntei a Lu. "Claro. Só precisamos levar o teclado e os colocarmos numa sala maior, para que mais alunos tenham acesso".  Naquela noite, então, encantei-me mais uma vez com minha esposa, que tocava para nós as mais diversas músicas, mostrando suas semelhanças e diferenças com as Escolas Literárias. Ouvímos Mozart, Bach, Beethoven, Stravinsky, etc. Sei que muitos ali estavam ouvindo pela primeira vez essas músicas. Encantávamo-nos, portanto, todos nós.

 

Sou completamente fascinado com música e, para um leigo como eu, compor música é um verdadeiro milagre de Deus. Lu ri disso todas as vezes que admito esse meu deslumbramento com a música. Digo, então, que ela ri de mim só porque já está acostumada a si mesma: fez Escola de Música, estudou piano por oito anos, foi cantora de ópera, é regente e toca qualquer instrumento que lhe seja entregue ("mas tem que ter partitura ou cifra", ela sempre me chama atenção).

 

Ver minha esposa tocando um instrumento ou cantando  quaisquer músicas sempre aumenta minha admiração por ela. Quando ela ensaiava para as audições na Faculdade Batista de música, eu pedia sempre mais e mais: "canta aquela", "e aquela também" e "como que é aquela outra mesmo"?  


Mas de todas as músicas com as quais ela me enleva, "O del mio dolce ardor" é a que mais admiro em sua voz volumosa de mezzo-soprano... 

 

Nesta semana, ó del mio dolce ardor, é teu aniversário e eu te dedico, assim, os versos dessa sua música com flores...

video

7 comentários:

disse...

Que lindo. Maravilhoso!

Casal 20 disse...

Rô, aqui em casa cada um de nós tem nome com significado:

Gisele - penhor, garantia, promessa;
Ana Lissa - presenteada por Deus, consagrada a Deus;
Fábio Ribas - aquele que semeia à margem dos rios; e
Lucila - luzinha, pequenina luz.

E ela é exatamente isso: uma luz que delicadamente se coloca ao meu lado na semeadura da Palavra.

Rô, nossa amiga, abraços sempre afetuosos.

disse...

Deus os abençoe em Cristo Jesus para louvor da sua glória. Paz e tenha uma boa semana na presença dEle.

Ligian disse...

Que lindo!!
Quem sabe Deus nos proporcione algum dia um encontro e, então, poderemos curtir juntos essa que sempre me deixa melhor: a música!
Parabéns pra Lu! Deus abençoe!

Casal 20 disse...

Meu maridão sempre exageeeeera um pouquiiiiinho sobre minhas qualidades...dizem que o amor é cego..., acho que é surdo também!rsrsrssrsrs


Te amo, querido!!

Casal 20 disse...

Lu, não exageeeeera nessa modéstia toda (rsrsrsrsrsrs)! Te amo, ó del mio dolce ardor.

Casal 20 disse...

Ligian, quem sabe? Seria muito bom.

É bomdimaisdaconta estar perto de quem ama música e se encanta com essa criação de Deus.

Abraços sempre afetuosos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...