Põe-me como selo sobre o teu coração, como selo sobre o teu braço, porque o amor é forte como a morte, e duro como a sepultura o ciúme; as suas brasas são brasas de fogo, com veementes labaredas. As muitas águas não podem apagar este amor, nem os rios afogá-lo; ainda que alguém desse todos os bens de sua casa pelo amor, certamente o desprezariam (Ct 8: 6-7; Fiel).

terça-feira, 5 de junho de 2012

Blog A Pedra (Pastor Anselmo) - SEXO E OS BLOGS (VI)

Nas próximas postagens (uma por dia), queremos prestar uma homenagem aos blogs que o Casal 20 lê, publicando posts em que esses blogs abordaram o tema da sexualidade. Boa leitura!

_________________________________

DEUS PEGOU NO MEU BILAU


É lógico que você ficou escandalizado com o título desse artigo, não era para ser diferente, você é um brasileiro que cresceu com toda cultura e tradição católica latino americana onde os órgãos sexuais são as partes sujas e vergonhosas do corpo humano.

Mas não é assim que Deus vê e nem que a bíblia fala do seu e do meu órgão sexual, a bíblia está cheia de referências boas sobre o sexo e sobre os órgãos sexuais, mesmo percebendo claramente que os tradutores tentaram disfarçar.

Na narração de Gênesis 2.7 vemos Deus esculpindo o homem do barro, isso foi um escândalo para os outros povos e religiões, principalmente para os gregos que acreditavam que nenhum deus poderoso poderia tocar na matéria, principalmente no barro como um operário fazia.

 Hoje não temos a dificuldade de acreditar que Deus, na criação, sujou a mão de barro, mas temos tremenda dificuldade de aceitar que Deus esculpiu o homem todo, até mesmo o pênis e o saco escrotal. Isso por causa da nossa cultura que passa de geração para geração, dizendo que os órgãos sexuais são algo sujo e profano, quase como um mal necessário.
 
Mas os judeus entenderam que o corpo do ser humano, os órgãos e principalmente o sexo era algo separada, sublime!
 
É interessante ver que, na nossa cultura, o que nos distingue externamente como povo de Deus, muitas vezes é a roupa, o terno. Na cultura judaica o povo era distinguido por uma marca no pênis. Hoje quando vamos fazer um juramento colocamos a mão na bíblia, mas os judeus colocavam a mão nos órgãos genitais de quem eles estavam fazendo o juramento, como o servo fez com Abraão ao jurar trazer uma esposa para Isaque (Gn24.2). E o mais interessante que permanece até hoje é que nós, homens, quando vamos fazer xixi lavamos a mão antes de sair do banheiro, os judeus lavam ao entrar, antes de pegar no pênis, pois sabem que o que vão pegar é algo sagrado, esculpido e separado por Deus.
 
Se aprendermos a olhar para nosso corpo com uma visão mais bíblica, com a visão de Deus, teremos muito mais cuidados com ele. Se entendermos que o próprio Deus esculpiu cada pênis e vagina, esculpindo para sua honra e glória, não os colocaríamos em qualquer lugar.
 
Demorou para eu entender, mas hoje creio que Deus formou cada um com suas próprias mãos, todas as partes do nosso corpo, assim como o pênis e por isso somos tão especiais. Vejo que, por Deus ter pego no meu bilau, tenho certeza que não quero profanar meu corpo e sim honrá-lo, usando da forma que Ele planejou.

Marcos Botelho 


Leia também:
Blog Fragmentos (Mariani Lima) - SEXO E OS BLOGS (V)
Blog do Samuel - SEXO E OS BLOGS (IV)
Blog Gândavos (Carlos Lopes) - SEXO E OS BLOGS (III)
Blog da Norma Braga - SEXO E OS BLOGS (II)
Blog Labaredas de Fogo - SEXO E OS BLOGS (I)

6 comentários:

Cris Campos disse...

[rsrsr] O título não chegou a me chocar, mas não pude deixar de sorrir. O meio cristão infelizmente é cercado de tabus infundados que, no resultado final, só trázem prejuízos aos que nele crescem. Ele ensina à criança tomando-a pela mão, mas, vendando-lhe os olhos. Ora, se te pego pela mão para lhe mostrar o caminho, não preciso tirar sua visão correto? É preciso, penso, abordar certos assuntos no meio cristão, e a sexualidade é um deles, com mais clareza, menos pseudo pudores, talvez assim os nossos jovens realmente optassem por esperar. Belo texto Marcos! Gr. Abrç. Fábio!

Pr. Anselmo Melo disse...

Concordo plenamente com a Cris.Infelizmente ainda há muito para ser feito em relação ao assunto quando tratado dentro das Igrejas.
Algo tão natural,quanto a própria vida, ainda fazem alguns terem arrepios só de ouvir falar.
Paz meu irmão e parabéns pela iniciativa.

Mariani Lima disse...

Fábio, ainda bem que muito esclarecimentos tem surgido no meio cristão sobre o tema e pastores como esse que falam abertamente sobre sexualidade, permitindo que as pessoas sejam cristãs e humanas.
Um abração meu querido amigo.
Beijinhos nas meninas. Fiquem com Deus

jose claudio disse...

Rapaz, que visão sensacional! É tão difícil falar desse assunto de forma espontânea e sermos recebidos com a mesma espontaneidade! Eis um tema que pode ser considerado um dos maiores tabus da cultura ocidental. Aqui, no entanto ele foi abordado de uma forma simples, natural, segura, verdadeira e amoral. Fantástico! Abraços, Fábio. Paz e bem.

Guiomar Barba disse...

Li "Deus Pegou no Meu Bilau" achei simplesmente incrível. Lembro-me que um pastor convidado para pregar em uma igreja Presbiteriana em Recife, deve haver escandalizado a igreja, embora todo mundo gostou, quando ele disse: Mulheres! pegue no pênis do seu marido! Se Deus pegou, fez para o xixi e para nós esposas também pegarmos no bilau do nosso marido. Que mente aberta. Parabéns Fábio. Vou copiar o texto e postar no meu, ok?

Casal 20 disse...

Gente, também me encantei com a naturalidade deste texto.

Guiomar, essa desse pastor rsrsrs que figura hein! rsrsrs

Abraços a todos!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...